NÃO aos produtos feitos com a destruição de florestas - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


NÃO aos produtos feitos com a destruição de florestas

11 março 2014

/ DE OLHO NA MÍDIA

Mais de meio milhão de pessoas já avisaram não querem produtos feitos com a destruição de florestas. E nos últimos dias, mais de 260 mil mandaram mensagens diretamente à P&G (Procter & Gamble) – dona da Head & Shoulders – cobrando uma produção limpa. É que a empresa, que vem fazendo sucesso com seus anúncios de shampoo e condicionador, continua utilizando em seus produtos óleo de palma de fornecedores que desmatam as florestas da Indonésia.


Você ainda não assinou? Clique aqui para fazer parte desse movimento!


Enquanto a P&G tem ignorado os apelos dos consumidores, mais uma companhia se comprometeu em limpar sua cadeia de produção. Nesta segunda-feira, a empresa Mars anunciou publicamente uma política para que, até 2015, seus produtos estejam livres de desmatamento. A iniciativa vem na esteira de outras companhias que também cederam à pressão pública, como a Unilever e a Nestlé.Sem títulom


Continuamos com os consumidores, expondo o segredo sujo da Head & Shoulders. Nesta segunda-feira, ativistas abriram um enorme banner em uma área de floresta na Indonésia que foi destruída para a produção de óleo de palma por uma fornecedora da P&G. O local, habitat de espécies super ameaçadas como orangotangos e tigres-de-sumatra.


Envie também uma mensagem à P&G dizendo que você não quer desmatamento nas florestas da Indonésia.


Não podemos aceitar óleo de palma sujo nos produtos que usamos em nosso dia a dia. Com a ajuda de pessoas como você, podemos salvar o que restou do habitat de espécies ameaçadas de extinção. Junte-se à nós.


Texto por: Greenpeace

© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA