Mais uma edição do badalado grupo pernambucano Coisa Nostra em Aracaju SE - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


Mais uma edição do badalado grupo pernambucano Coisa Nostra em Aracaju SE

28 julho 2014

/ DE OLHO NA MÍDIA

Coisa Nostra é uma trupe recifense de artes integradas que somente em 2013 circulou todo o Brasil, Uruguai, Argentina e França, lançando a Coisa Nostra, seu novo espetáculo e disco. O grupo anteriormente era conhecido como uma banda e com o nome de Babi Jaques e Os Sicilianos. Como um grupo de artes integradas, a trupe possui diversos tipos de produções artísticas.


De 2013 pra cá, lançaram um novo disco, um espetáculo que congrega música, artes visuais, artes cênicas e cinema, um gibi de histórias em quadrinhos que conta as estórias que envolvem o universo lúdico do grupo, além de uma série de vídeos intitulada "A Coisa Nostra", onde os integrantes passeiam, através da música, pelos ambientes que compõem a dramaturgia da trama.




[caption id="attachment_3622" align="alignleft" width="300"]FOTOGRAFIAS DE MARCOS BRUNO - COISA NOSTRA NO CAPIBARET FOTOGRAFIAS DE MARCOS BRUNO - COISA NOSTRA NO CAPIBARET[/caption]

Com a produção totalmente independente, sem recurso de patrocinadores e incentivos estatais, realizaram mais de 60 apresentações em 40 cidades e 18 estados brasileiros. Toda a itinerância foi realizada de forma terrestre, em uma van com uma minicarreta, onde grupo carrega consigo toda a estrutura necessária para apresentação de seu espetáculo, que vai desde os cenários e instrumentos, aos equipamentos de som e luz. De 2013 para cá percorreu mais de 50 mil km pelas estradas da América do Sul. Para efeitos de comparação, o Equador, linha imaginária que circunda o planeta Terra e o divide em dois hemisférios, possui cerca de 40.025 km de extensão.

Em "Coisa Nostra" o grupo convida o público a conhecer a fantástica cidade de Nostrife - uma ilha que era localizada no Rio Capibaribe e hoje circula por todo o planeta, depois que alguns de seus moradores descobriram uma forma de transportá-la. Na trama Baros, Babi, Lasserre e Well, contam e cantam as estórias dos seres deste lugar encantado. Utilizando as diversas esferas artísticas como a música, o teatro, as artes visuais, a dança e o cinema, o grupo imerge e passeia com os espectadores pelos lugares, tradições e costumes Nostrifenses. O espetáculo é resultado das trocas culturais e das várias parcerias firmadas pelo grupo ao longo de sua história mambembe.

Utilizando a fantasia da realidade paralela, "Coisa Nostra" também trata do oficio do artista independente e apresenta um apanhado do que os integrantes absorveram das várias culturas vivenciadas ao longo de suas vidas volantes.Como são os próprios gestores e produtores deste trabalho, a trupe também utiliza a itinerância para ministrar as oficinas "Sim, eu vivo de Música:

Diálogos sobre produção, difusão e gerenciamento de arte". Com base no Plano da Secretaria Nacional da Economia Criativa, as oficinas visam fomentar a discussão acerca das possibilidades de se trabalhar e gerir carreiras artísticas ou de grupos de cultura popular, bem como a comercialização de seus bens e produtos culturais de forma independente.

[caption id="attachment_3623" align="aligncenter" width="790"]espetáculo Coisa Nostra 1 - FOTOGRAFIA DE JEJEL MIRANDA espetáculo Coisa Nostra 1 - FOTOGRAFIA DE JEJEL MIRANDA[/caption]


As oficinas discutem a formalização, a carga tributária e a organização financeira dos profissionais da cadeia produtiva de arte. Trata também das estratégias de marketing e o uso da internet como meio de divulgação de um trabalho. Além de realizar uma pesquisa sobre como, em cada um destes lugares, os artistas se articulam e desenvolvem as suas carreiras. Além disso possuem oficinas de Quadrinhos Artesanais, de Produção Técnica e de Jogos Teatrais.


Aracaju foi a primeira cidade, excetuando a cidade natal do grupo, a receber o espetáculo Coisa Nostra. "Retornar a Aracaju, que nos recebeu tão bem no ínicio desta nossa itinerância, será um grande prazer. Afinal muita coisa mudou após os mais de 80 shows que fizemos. Tanto no espetáculo, quanto em nós." Ressalta Babi Jaques, a vocalista do grupo. Além disso o grupo ainda possui parcerias com alguns nomes da música Sergipana, como o DJ Dolores e o grupo Coutto Orquestra de Cabeça. Com esse último, devido as semelhanças na forma como conduzem suas carreiras, promovem um constante intercâmbio de ideias e de gestão.


Devido a isso, estão em processo de planejamento, ainda para este ano, de uma turnê conjunta dos dois grupos. "Rodamos bastante por todos os cantos apresentando o nosso trabalho. Quando encontramos um grupo que possui esta mesma característica aliada a uma gestão empreendedora de sua carreira e que possui um trabalho artístico de alto nível, não podemos deixar passar. Temos que nos juntar e mostrar, cada vez mais, que com vontade e criatividade, podemos conquistar bastante coisa."


Agora é só aguardar, o pra lá de e divertido e badalado grupo pernambucano Coisa Nostra, que se apresenta em Aracaju no próximo dia 7 de agosto, no Tio Maneco.Por: Geo D`Anjos

© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer