Três jovens israelenses foram assassinados - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


Três jovens israelenses foram assassinados

16 julho 2014

/ DE OLHO NA MÍDIA


A mãe de um deles clamou que não se justificava derramamento de sangue por isso, pois NÃO SE SABIA AO ACERTO O QUE ACONTECERA. Em seguida, na mentira sionista de sempre, aprendizado com o nazismo, aperfeiçoada ao máximo, o governo terrorista de Israel, no disfarce de se defender, bombardeou e continua a bombardear Gaza. Já matou mais de 190 pessoas, entre elas civis, os dados são da ONU, feriu mais de mil pessoas e destruiu propriedades - casas - de palestinos.


Um jovem palestino foi assassinado em vingança. Os governos da maioria dos países permanecem em silêncio, ou submetidos a Israel, como o Egito, a França, os EUA, pedem ao Hamas, um partido político que venceu eleições supervisionadas por organizações internacionais em Gaza, que PARE DE ATACAR ISRAEL. O cinismo explícito dos poderosos, ou do capachos.


A história dos drones soa como mentira também. A hipótese remota de ser verdade está no fato que sendo, fica claro que Israel tem armas de última geração fornecidas pelos EUA, logo, cúmplices do genocídio sistemático. Os nazi/sionistas estão usando fósforo branco contra os palestinos. Por muito menos os EUA iam invadir a Síria. Não o fez por conta da intervenção russa.


Israel estende seus ataques a posições no território sírio e no território libanês. A única fonte de notícias é israelense. A mídia ocidental é francamente controlada por esses terroristas via Ralph Murdoch e mais dois ou três donos de impérios da comunicação, inclusive no Brasil. É podre, mente, distorce e tenta evitar que as pessoas saibam a verdade. Invocam sempre o holocausto, embora estejam promovendo algo pior.


O jornalista e escritor Ruy Castro, excelente, em sua crônica hoje na FOLHA DE SÃO PAULO, dia 14, dia da queda da Bastilha, fala que os documentos revelados por Edward Snowden mostram que cidadãos nos EUA e em todo o mundo são espionados e há conversas de duas mulheres discutindo sobre orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal. A privacidade e a democracia foi para o espaço faz tempo. E faz tempos também que os EUA não são mais nação, mas um grande conglomerado de empresas terroristas que subjugam quase todo o mundo.


O presidente francês pede também ao HAMAS que pare de atacar Israel. É o triunfo da mentira, do terrorismo nazi/sionista. Essa é uma luta que não vai se resolver por governos, mas por ampla mobilização popular, pois logo chega até nós, na futura guerra da água, como já chegou a espionagem e continua. Ou reagimos ou breve estaremos todos aprisionados nos relatórios da NSA, agência de segurança, especialista em orgasmo clitoriano e vaginal. E em assassinatos de crianças, mulheres, em genocídios.


Texto por: Abrahão Crispim Filho
© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer