Quanto custa um pau de bandeira? - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Quanto custa um pau de bandeira?

27 agosto 2014

/ DE OLHO NA MÍDIA
 

“Quanto custa um pau de bandeira?” é uma expressão que cabe bem no assunto que vamos falar hoje, sobre os trabalhadores de campanha em Sergipe.


Assim como em todo o território brasileiro, muitos são os indivíduos que se submetem a esse trabalho nas ruas das capitais, dos centros urbanos, e das cidades do interior. E isso não é visto negativamente, mas pelo contrário: é uma opção dos mascarados políticos, para conseguir votos por meio do trabalho realizado de forma externa à sua supervisão.


No que diz respeito aos trabalhadores, eles também não estão errados: quem é que, desempregado, irá recusar a oportunidade de ficar ali, segurando um “pau de bandeira” por uma gorjeta diária.


Pois é. Infelizmente essa é a situação que passa o nosso país, e o pior, é que continuará passando nos próximos anos. Esses trabalhadores, por falta de opção, se submetem a tal trabalho em referência aos políticos, de mau caráter que estão instalados em todo o território brasileiro, seja nas ruas de Sergipe ou de outras cidades.


Mas basta atentar-se para as campanhas de rua realizadas por políticos nas ruas de Sergipe para notar quão descarados eles podem ser. Os políticos prometem coisas que não tem como cumprir (talvez, não sempre só por falta de interesse, mas principalmente por falta de recursos e por desvio de dinheiro).


E, o pior é ver que além dos políticos que, em meio às ruas, expressam as suas ideias impossíveis de acontecerem, vemos também uma quantidade inapropriada de indivíduos que acreditam nos ideais desses políticos.


Assim, notamos que o problema é muito mais extenso do que parece: são políticos com propostas absurdas, e cidadãos totalmente desenformados sobre política que os reverenciam como se eles realmente fossem deuses, e como se realmente fossem fazer alguma diferença.


Por fim, podemos concluir novamente com a questão: quanto vale um pau de bandeira? Um indivíduo que simplesmente está trabalhando para auxílio desses políticos sem caráter? O indivíduo pode pensar de forma individual, considerando os valores lucrados com o trabalho. Porém, pode ser que esse simples trabalho influencie outras parcelas da população, que no fim, darão os seus votos para o político mais “convincente” e só.


Texto por: Geo D`Anjos

© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA