RENOVAÇÃO DO FUTEBOL SÓ COM DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


RENOVAÇÃO DO FUTEBOL SÓ COM DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA

19 agosto 2014

/ DE OLHO NA MÍDIA
 

A ideia é simples, de inspiração argentina.


1. O governo amplia o orçamento da TV Brasil, nossa ainda mirrada companhia pública de televisão, em 800 milhões de reais.


2. O governo negocia com os clubes e a CBF que somente haverá negociação da dívida fiscal se os direitos de transmissão de todas as séries do campeonato brasileiro de futebol e os jogos da seleção forem vendidos a TV Brasil.


3. O Ministério das Comunicações, por portaria, obriga que a TV Brasil ocupe um dos quinze primeiros lugares do dial, tanto analógico quanto digital, em todas as cidades.


Três coelhos estariam mortos com uma só cajadada: o principal monopólio eletrônico da comunicação seria enfraquecido, aumentando a concorrência e a pluralidade; o pais passaria a ter uma televisão pública com recursos de monta, além de deter um extraordinário instrumento para alavancar tanto audiência quanto receita publicitária; as entidades do futebol passam a ter como interlocutor um agente público, não mais uma corporação privada com seus interesses meramente comerciais.


Texto por: Abrahão Crispim Filho

© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer