Confira a programação completa da Casa Rua da Cultura - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Confira a programação completa da Casa Rua da Cultura

23 setembro 2014

/ DE OLHO NA MÍDIA
 

A Lição
Todas as sextas-feiras
Horário: 20h

Senhora Dos Restos
Todas as sextas-feiras
Horário: 21h

Nó Sem Fim
Todos os sábados
Horário: 19h

Cabaret Dos Insensatos
Todos os sábados
Horário: 21h

Piano e Pedra Em Tempo De Guerra
Todos os domingos
Horário: 20h



Espetáculos:


A LIÇÃO


Cia. de Teatro Stultifera


A montagem de um dos mais importantes clássicos do Teatro do Absurdo pela Cia. de Teatro StultiferaNavis tem como foco principal a disputa do poder em cana. A informação, a juventude e a força do proletariado de encontram nesta história onde os relacionamentos dos personagens mudam a partir das suas necessidades. Aluna, professor e governanta se revezam em momentos de sedução a repulsa levando-os a um desfecho surpreendente.


Ficha Técnica 


Elenco:


Sandra Azevedo




[caption id="attachment_4050" align="alignright" width="672"]Divulgação Divulgação[/caption]

Lindemberg Monteiro


Luciana Nunes


FOTOS:


Amadeu Neto


Wagner Mendonça


ILUMINAÇÂO: Tom Myres


CONCEPÇÂO DE PROJEÇÃO


Bruno Parisotto


GessanaShakti


OPERAÇÃO DE PROJEÇÃO:


Marcos Matos


DIREÇÃO:Lindemberg Monteiro



CABARET DOS INSENSATOS


Cia. de Teatro Stultifera


A concepção vem dos desconhecidos poemas de Bertolt Brecht, misturados com textos eróticos de Jean Genet. Os textos abordam a sexualidade de forma natural e desmistificada o conceito de Cabaret.


Trás ao cabaret, uma concepção de cortiço e ao mesmo tempo as antigas casas de shows. O espetáculo, feito pela Cia. de Teatro Stultifera Navis, se inicia na praça, com apresentação do messie, dono do Cabaret, chamando o público para participar do evento.


Entretanto, é infernizado por um menino que quer entrar a qualquer custo no Cabaret, até que consegue driblar o messie e chama o público para entrar no espetáculo.


E uma vez lá dentro, o público assiste as cenas que acontecem de forma itinerante e simultânea. O espetáculo ganhou no Prêmio Capital 2011, de melhor espetáculo, melhor ator e melhor direção.


 Ficha Técnica


Elenco:


Juliana Freitas


Raiany Rodrigues


Sandra Azevedo


Tatá Lima


Kassem


Tom Myres


Poemas de Bertold Brecht


Textos de Jean Genet.


Iluminação: Floriano Rocha


Figurino: Cia de Teatro StultiferaNavis


Preparação vocal: Walmir Sandes


Contra- Regras: Fernanda Araújo, Klinger Araújo, Talita Leite, Pereira Filho


Arte: Aimée Resende


Fotografia: Wagner Mendonça e Amadeu Neto


Produção: Cia StultiferaNavis


Direção Lindemberg Monteiro



Nó Sem Fim


O Grupo Êxtase


"Em uma cela de cadeia duas pessoas se encontram, um senhor pobre que acaba no mundo do crime por pura necessidade e um jovem garoto rico que acaba sendo preso por dirigir drogado. O que eles descobrem na cela é muito mais do que um simples dia na delegacia, ou uma simples coincidência. Eles tem muito mais em comum do que eles mesmos imaginam."


Elenco: Bruno Kelvernek e Tinho Torquato


Texto: Bruno Kelvernek


Direção: Bruno Kelvernek e Denys Leão


Luz: Denys Leão


Fotografia: Elisa Felix



Senhora dos Restos


Dicuri Produções


Monólogo
Dos Restos do Mercado Municipal sobrevive uma velha, conhecida como Senhora dos Restos. Abandonada há anos, ela tem se tornado atração da cidade por ser a única que consegue ver a cidade com lucidez. A Senhora dos Restos é a representação viva da miséria, do abandono, da marginalização. É a porta-voz dos despossuídos, que questiona o crime, o amor, a vida. Através de sua história somos guiados para um mundo desconhecido, o mundo dos miseráveis, que são privados de qualquer e todo tipo de direito. A Senhora dos Restos nos leva a uma reflexão sobre o que é viver em sociedade, e sobre a nossa participação na forma que ela é construída, marginalizando, oprimindo, destinado pessoas aos restos.


Ficha técnica


Elenco: Isabel Santos


Texto: Euler Lopes


Direção: Iradilson Bispo


Cenografia: Iradilson Bispo e Isabel Santos


Figurino, Maquiagem e Adereços: Iradilson Bispo


Confecção de Bonecos: Augusto Barreto/Grupo Mamulengo de Cheiroso


Projeto Gráfico: Clarissa Rocha


Fotografia: Maria Odília


Iluminação: Denys Leão


Áudio: Negão Operador/Parceria Áudio


Trilha Sonora: Iradilson Bispo


Operadora de Trilha e Contra-Regra: Fernanda Neves


Produção: Patrícia Santos e Isabel Santos


Assistência de Produção: Fernanda Neves


Coordenação de Produção:Dicuri Produções


GÊNERO: Drama


Classificação etária: 14 Anos


Duração: 50min.



1968: PIANO E PEDRAS EM TEMPO DE GUERRA


Espetáculo cênico musical, inspirado na peça “A lira dos vinte anos”, de Paulo Cesar Coutinho.


Escrita em1984, o texto da peça A lira dos vinte anos, de Paulo Cesar Coutinho, retrata os idos de 1968, quando um grupo de jovens egressos do curso de história, decidem fazer a sua própria história, engajando-se na luta armada, contra o regime militar instaurado no Brasil, em 1964. São cinco jovens na faixa dos dezoito anos, sonhadores e idealistas, oriundos de classe média e alta que, inconformados com os rumos que o nosso país estava tomando, decidem entrar na guerrilha, lutando por um país mais justo para o povo,enfrentando os militares num momento complicado da história do nosso país, no ano em que o então presidente da república, fecha o congresso nacional e transforma o governo totalitarista, centralizando o poder, com o apoio dos militares que perseguia, prendia, torturava, exilava e matava, que se posicionasse contra a situação.


Ficha técnica:


Atores: Audevan Caiçara, David Yuri, Jad Rocha, Lidhiane Lima, Lindemberg Monteiro, Denver Paraíso Suellen Viana eValmir Sandes.


Cenografia: Denver Paraíso


Iluminação: Denys Leão


Direção Musical:


Preparação corporal:


Preparação vocal: Valmir Sandes


Programção visual: Adriano gentil


Vídeos:


Direção Musical:


Produção: Grazzy


Figurinos, adaptação do texto, pesquisa musical e direção: Roberto Laplagne.


 PIANO E PEDRAS EM TEMPO DE GUERRA estreará no dia  05 de outubro!


© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA