População que saber a real problemática da distribuição dos repasses públicos do Cirurgia - DE OLHO NA MÍDIA - Site oficial

Responsive Ad Slot

População que saber a real problemática da distribuição dos repasses públicos do Cirurgia

27 janeiro 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA

Da redação por: Geo D`Anjos


A saúde pública no Brasil está em estado de alerta. Hospitais públicos estão a cada dia mostrando sua situação precária de atendimento ao público, internação e processos simples, como os ambulatoriais. Há pouco menos de um ano diversos hospitais no país levaram a público um problema que se agrava a cada mandado, o repasse de verbas públicas que deveriam ser destinadas aos hospitais, mas que por algum motivo desaparecem ou não chegam ao seu destino.


Em São Paulo, a Santa Casa de Misericórdia chegou, inclusive, a suspender o atendimento, alegando que não existia mais material básico para suturas e, até mesmo, medicamentos. O mesmo aconteceu com o Hospital Cirurgia, do estado de Sergipe. Alegando atraso de mais de quatro meses no repasse público da secretária da saúde para prestação de serviços que, segundo a entidade, chegava aos R$ 12 milhões. Isso fez com que, no último dia 15 de janeiro, a unidade de saúde suspendesse o atendimento hospitalar à população, que ficou sem atendimento e sem entender o que estava acontecendo, sendo mais uma vez o único lesado nesse processo.



Entenda o caso


A unidade de saúde afirma que não há mais possibilidades de atender ao público devido à falta de repasse público por parte da Prefeitura de Aracaju, por isso decidiu não receber novos pacientes e suspender esse atendimento. A falta de repasse fez com que os salários dos funcionários estejam atrasados, um dos motivos da paralisação de atendimento.


Segundo a diretoria do hospital, a Secretaria Municipal de Saúde tem uma dívida alta com a instituição e, por isso, não será possível fazer novos atendimentos, mas afirmou que os pacientes que já têm agendado seus procedimentos não serão lesados e terão seus atendimentos realizados de forma normal.


Já o secretário da saúde de Aracaju, Luciano Paz, afirmou que as informações do Hospital Cirurgia são falsas, pois o repasse vem sendo efetuado de forma normal, mas admitiu que a Prefeitura tem uma dívida com o Hospital Cirurgia, no valor de R$ 2 milhões, montante bem menor que o mencionado pela diretoria do hospital.


Depois de afirmar que o problema do Hospital Cirurgia é a administração interna, o secretário afirmou que todos os hospitais de Aracaju tem o mesmo repasse, mas que apenas o Cirurgia tem problemas. Com isso, o hospital decidiu voltar a atender a população normalmente.

© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia