Auxílio-Doença - DE OLHO NA MÍDIA - Site oficial

Responsive Ad Slot

Auxílio-Doença

02 fevereiro 2015

/ Unknown



Uma das mudanças propostas pela presidenta Dilma Rousseff é a do auxílio-doença. Vejamos:


O auxílio-doença é pago numa proporção de 91 por cento do rendimento do trabalhador. Até os primeiros 15 dias quem paga o benefício é a empresa. A partir do décimo sexto dia quem paga é o INSS.


A mudança é fazer com que o valor do benefício seja uma média dos últimos 12 salários (o que pode inclusive ser maior que os atuais 91 por cento).


O benefício seria pago pelas empresas nos primeiros 30 dias, não só nos primeiros 15 dias como é hoje. Depois dos 30 dias o INSS faria o pagamento.


Ao fim e ao cabo, não há absolutamente NENHUMA retirada de direitos ou benefícios previdenciários, mas sim a manutenção do mesmo com um aumento de custos para as empresas e uma diminuição de custos para o INSS.



Por: Abrahão Crispim Filho
© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia