Victor Dantas: um jovem músico sergipano surge no cenário - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Victor Dantas: um jovem músico sergipano surge no cenário

11 março 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA

Da redação por: Geo D`Anjos


IMG-20150304-WA0000


Tudo começou para Victor Matheus Cardoso Dantas, 21 anos, estudante de direito, a partir das suas influencias meio por osmose, Victor nasceu ouvindo rock n roll, com seu pai - De Men At Work a um som mais pesado, como Dio e Ozzy os Ousbourne e com o passar dos anos, isso tudo foi crescendo e influenciando o musico, desde então, uma forra identificação com a guitarra elétrica que nasceu nele, e aos 10 anos de idade começou a tocar violão. Logo Vitor comprou uma guitarra e em seguida, desde então nunca mais parou.



Um jovem músico sergipano surge no cenário mostrando sinais de que não está aqui de passagem


Apesar de novo, já trabalha como produtor de eventos e na defensoria pública de Sergipe. Foi ali que muitos perguntam por que só 11 anos depois, resolveu lançar esse projeto do selfish acústico que é o novo show solo.


“Não foram 11 anos depois, aquilo foi nascendo eu não tinha muita vontade de cantar como tenho hoje em dia, já tive bandas anteriores já cantei e já fiz participações com algumas bandas, mas levar a sério e querer se lançar no rock em pleno ano de 2015, aonde o que prevalece são músicas que falam de temas de festas atuais, e de fenômenos como ostentação pelo qual não tenho nenhum preconceito, até vou para festas e participo das brincadeiras”.


“Creio, que o Brasil é o país com a maior diversidade musical do mundo, e seria muito leigo em ignorar isso, mas enfim, o fenômeno dos anos 90 o grunge sempre foi meu estilo favorito, pelo timbre roca da minha voz, e de certa maneira encaixava e todas as minhas influências, principalmente desses fenômenos como Pearl Jam, Soubdgarden, Alice in Chains, Temple of the Dog, entre outros”.


IMG-20150304-WA0002


Tudo Isso já estava sendo arrumado há muito tempo na cabeça de Victor, mas a dificuldade em querer tocar rock por falta de incentivos o deixava um pouco inseguro, e também a dificuldade de reunir uma banda pelo fato de todos terem seus projetos separados. Então o musico se encorajou e tocou uma música em um bar de Aracaju. Para a surpresa de Victor, todo mundo o aplaudiu em pé. Logo Vitor percebeu que não podia mais ignorar isso.


“Quando a gente quer e acredita em um sonho, só depende de você pra alcançar, então tem minhas composições autorais e várias Coverama legal no projeto solo, e agora em março minha nova banda vai está pronta”.



ASSISTA O VIDEO


© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA