São apenas personagens visíveis de um universo cultural que está em crise existencial - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

São apenas personagens visíveis de um universo cultural que está em crise existencial

15 abril 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA
 

Por: Abrahão Crispim Filho

Lobão, Roger, Danilo Gentilli, Marcelo Tas, Ed Motta, Nelson Motta, Marcelo Madureira, Juca Chaves, Maetê Proença, são apenas personagens visíveis de um universo cultural que está em crise existencial, porque vive uma crise moral, fruto da falência cultural da classe média. Estes são só os comprovantes da quebra da indústria cultural de massa, que impulsionou interesses do mercado e hoje não servem mais pra nada. O nome disso é decadência. É a derrota de um sistema institucional de cultura que não rende lucros diretos e, muito menos, frequenta o banquete dos grandes negócios do mundo que orbitava no show business.


Agora são a periferia, como qualquer cultura marginalizada. Não aceitam essa condição, é verdade, mas são hoje universo de valores que não cabe mais no portfólio do mundo dos endinheirados. São literalmente massa falida da indústria cultural. Teríamos muitos outros nomes para engrossar o cordão da bacia das almas, que moralmente se encontram no mesmo estágio de deterioração, mas esses que citei, bastam para o conjunto de uma obra que hoje se encontra encalhada até em sebo por falta de holofotes que deram curto e pifaram.

© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA