Emenda Constitucional - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Emenda Constitucional

06 julho 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA
 

Em 2002, por desavenças em relação à Emenda Constitucional que permitiu a entrada do capital estrangeiro na TV aberta e no rádio, Bandeirantes, SBT, Record e Rede TV decidiram deixar a Abert e criar a Abra. Com isso, a Abert passou a representar quase exclusivamente a Globo.


Quando do debate sobre o modelo da TV digital, ficou evidente que a Globo defendia uma modelo diferente dos demais radiodifusores. (E aqui não se trata de defender um lado ou outro, já que ambos eram profundamente anti democráticos, embora fossem bem diferentes entre si.) Na época, era comum ouvir o dono da Bandeirantes, Johnny Saad, falando mal da Globo, embora jamais tenha tido a coragem de contrariar de verdade os interesses dos Marinho.


Logo depois, o SBT voltou para a Abert. Em seguida, a Record rompeu com a Abra e criou uma terceira associação, a Abratel. Agora, justamente quando o Instituto de pesquisa alemão Gfk se prepara para finalmente entrar em operação comercial, desafiando o monopólio do Ibope que tanto bem fez à Globo, Bandeirantes e Rede TV decidem acabar com a Abra e voltar para a Abert. Com isso, apenas a Record ficará de fora da Abert. Fica evidente quem manda nesse negócio. O resto é apenas o resto...


Por: Abrahão Crispim Filho


© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA