Imagine que um extra terrestre chegue ao Brasil - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Imagine que um extra terrestre chegue ao Brasil

20 julho 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA
 

Imagine que um extra terrestre chegue ao Brasil com a missão de estabelecer contatos e o objetivo de colaboração entre sua gente e a nossa. O dito começa a ler jornais, ouvir rádios, ler revistas, ver noticiários de televisão e conversar com pessoas como Eduardo Cunha, um chantagista, líder religioso, corrupto, beirando a loucura, se já não ultrapassou a linha apesar de não queimar notas dólares. Se escuta as perorações "patrióticas" de Jair Bolsonaro. Se vai ao Supremo Tribunal Federal e trava conhecimento com Gilmar Mendes, um ano em cima de um processo já decidido. Se conversa com Rosa Weber, a que condena sem provas.


Ou dá uma chegada a Miami e troca ideias com o "jurista" Joaquim Barbosa. Visita São Paulo e ouve de Alckmin que não falta água. De FHC que há uma grossa mentira bíblica, que quem criou o mundo foi ele e em um só dia. Trava contato Beto Richa para que explique sua "prioridade", borracha e bombas nos professores. Pior, conhece um juiz chamado Sérgio Moro que se colocou acima da lei e da Constituição, mesmo tendo estado envolvido num desvio de 500 milhões de uma Prefeitura, quando advogado.


Imagine. E nem ouse pensar num encontro com Aécio Neves, vai viajar num pó mágico que não tem nada a ver com o pirimpimpim de Monteiro Lobato, tampouco ouvir de Serra que quer entregar o pré-sal para ajudar nos "negócios". Vai voltar, dizer que o contato foi tempo perdido e internar-se numa clínica para recuperação. Estado de choque.


Por: Abrahão Crispim Filho

© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA