Emerson Costa: a construção a partir dos antagonistas - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


Emerson Costa: a construção a partir dos antagonistas

25 setembro 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA


A evolução da humanidade acontece a partir dos antagonismos sociais. No contexto histórico, inicial e evolutivamente foram sendo conquistados os direitos individuais. Posteriormente e ao longo dos séculos, os direitos coletivos.


Em nosso país, os nossos antagonismos originais foram, dentre os mais importantes, os que aconteceram entre índios e colonizadores, escravos e colonizadores, escravos e senhor de engenho. Desde o século XIX, um grande antagonismo acontece entre o capital e o trabalho. Nos dias atuais, principalmente nas periferias das cidades estão postos grandes antagonismos, quais sejam, entre a violência e a paz, entre a ignorância e o saber, entre a garantia e a negação de direitos.0ecd833ef61ef8b6627d0756ef7f42b8


No equilíbrio desses antagonismos, acontecerão algumas conquistas, as quais, inicialmente serão negadas, para depois, quando garantidas, serem consideradas benevolências dos que detêm o poder.


Ao final, será esta a história, contada pelos dominadores, que constituirá a memória dos dominados.


E assim evolui a humanidade ...
Cada um de nós, potencialmente, somos um agente de transformação dessa realidade, colocando-a a serviço da vida, da verdade, da paz e do amor.


Texto por: Emerson Costa


© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer