PT confirma filiação de viúva de Marcelo Déda - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

PT confirma filiação de viúva de Marcelo Déda

25 setembro 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA

Em documento assinado pelo secretário Nacional de Organização do PT, André Oliveira, o Diretório Estadual é orientado a promover a regularização da filiação de Eliane, que pode rever sua posição de não ser candidata ao Senado e voltar a colocar seu nome à disposição do partido.




[caption id="attachment_1712" align="alignleft" width="265"]Reprodução Reprodução[/caption]

Eis o que o secretário Nacional de Organização do PT encaminhou para o Diretório Estadual:
Verificamos que Eliane Aquino Custódio filiou-se ao PT em 07 de julho de 1999 no Distrito Federal, onde inclusive estava apta a votar no PED 2001.



O XII Encontro Nacional do PT, determinou a realização de um recadastramento nacional de filiados.


Foram considerados automaticamente recadastrados os filiados que participam do Processo de Eleições Diretas e aqueles que já efetuaram o recadastramento através do formulário da Carteira Nacional de Filiação até outubro de 2002.


O Diretório Estadual do DF não encaminhou tempestivamente a documentação relativa ao recadastramento, o que impediu que Eliane concluísse a transferência de sua filiação para Aracaju.


Considerando que Eliane Aquino Custódio foi prejudicada pelo extravio de documentos no Diretório Estadual do Distrito Federal, a Comissão Executiva Estadual de Sergipe deveria ter procurado regularizar a situação cadastral de Eliane.


Ao contrário, a Comissão Executiva Estadual de Sergipe decidiu excluir o registro da filiada da justiça eleitoral, quando o bom senso indica que Eliane, ex-primeira dama e Secretária de Estado, é comprovadamente militante do Partido dos Trabalhadores, ainda que existam pendências burocráticas das quais ela se quer é responsável.


Desta forma, orientamos a Comissão Executiva Estadual de Sergipe a regularizar a filiação de Eliane Aquino Custódio no Cadastro Nacional de Filiados, através do Sisfil, e proceder ao devido registro da filiação junto à Justiça Eleitoral, conforme determina a legislação.


Texto por: André Oliveira - SORG Nacional


© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA