Oi e GVT: processadas pela prática de venda casada dos serviços de internet - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Oi e GVT: processadas pela prática de venda casada dos serviços de internet

23 outubro 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA
Da redação

[caption id="attachment_8075" align="alignleft" width="300"]oi e gvt casadas Foto: montagem DeolhonaMídia[/caption]

Pela prática de venda casada dos serviços de internet banda larga e telefonia fixa, as empresas Oi e GVT estão sendo processadas pelo Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE).


Foi informado que essas empresas elevam o valor do serviço de internet banda larga isolado, induzindo o consumidor a contratar o serviço de telefonia fixa.


Foi informado ainda pela Anatel que já existe procedimento contra a Telemar e a GVT por venda casada, inclusive ao constatar a prática, aplicou multa no valor de R$15 milhões à Telemar e de R$ 3 milhões à empresa GVT. O MPF quer que a Justiça obrigue as empresas a não impor a contratação de internet banda larga à aquisição do serviço de telefonia fixa.

Também quer proibir as empresas de usar o preço do serviço internet banda larga como mecanismo de recusa de oferta do serviço em separado, inclusive através da fixação de preço do serviço em separado em valor superior à oferta conjunta de menor preço contendo banda larga de características semelhantes.

© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA