Não percebeu o alcance do veto ao direito de resposta ao vivo - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Não percebeu o alcance do veto ao direito de resposta ao vivo

15 novembro 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA

Texto por: Abrahão Crispim Filho


Dilma Roussef


Boa parte das pessoas que apoiam Dilma Roussef não percebeu o alcance do veto ao direito de resposta ao vivo, pelo próprio ofendido. Primeiro, o noticiário será mais cuidadoso e segundo, o alvo principal é Lula. Aécio, Serra, Cunha, essa gente não precisa de direito de resposta, a mídia é deles e dos tucanos de um modo geral. A lei brasileira atual proíbe que seja divulgado o nome de suspeitos de quaisquer crimes, sem que haja uma decisão da Justiça reconhecendo o ilícito.


Essa lei é desrespeitada diariamente. Ou será que alguém acha que VEJA que não é nem o caso de resposta ao vivo, mas tem suas matérias mentirosas repercutidas pelo JORNAL NACIONAL, vai colocar FHC na capa, com os escândalos de corrupção de seu governo? O veto foi uma concessão à mídia sim. A presidente errou, medrou, como, aliás, sempre tem feito em questões polêmicas.






© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA