Presidente da Argentina - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


Presidente da Argentina

09 dezembro 2015

/ DE OLHO NA MÍDIA

Texto Por: Abrahão Crispim Filho



O presidente eleito da Argentina, não sei das quantas Macri, veio ao Brasil conversar com Dilma Roussef e empresários. Macri é funcionário do Departamento de Estado dos EUA e tem a missão de tentar mudar as relações brasileiras com o governo da Venezuela. Breve uma base militar norte-americana no país vizinho e o cerco ao nosso País se fechando.


O argentino reuniu-se com o presidente da FIESP (FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DE SÃO PAULO), o ministro Eliseu Padilha do governo Dilma, disse o seguinte – “cada dia tem uma notícia ruim por aqui”. O presidente eleito e que vai suceder a extraordinária Cristina Kirchner vai promover um ajuste fiscal em seu país, está se intrometendo na política externa e interna do Brasil e antes mesmo de tomar posse já procede como novo gauleiter da América do Sul.


Não tem sentido Dilma ir à posse dele. Uma das formas diplomáticas de manifestar desagrado a um governo é essa. Devia mandar o embaixador brasileiro naquele país representar o Brasil e deixar claro que por aqui Macri não canta de galo, como está querendo fazer e começando a fazer.


Em tempos de crise política séria, o pedido de impeachment, é preciso atitudes firmes e, justiça seja feita, Dilma parece ter despertado do sono em que se encontrava. Mas é preciso entender, como dizia Brizola, “que o golpe vem de longe”. Ou o Brasil vai às ruas pelo Brasil, ou mais cedo que imaginamos vamos virar BRAZIL.






© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer