UAI: toda cidade mineira tem suas histórias de traições - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

UAI: toda cidade mineira tem suas histórias de traições

22 janeiro 2016

/ DE OLHO NA MÍDIA

Abrahão Crispim Filho


UAI


Toda cidade mineira tem suas histórias de traições de marido e mulher. Uma delas o filho de um figurão estava numa estrada deserta com a esposa de um consagrado empresário. No carro e no bandc traseiro. Sei lá o que deu na antiga Rádio Patrulha, uma viatura foi passar na estrada viu o carro, flagrou os dois e em meio ao pânico da esposa do empresário, o filho figuração disse o seguinte aos guardas – “eu não posso levá-la em minha casa, hotel nem pensar, casa dela então... Tenho que vir para esses cantos mesmo”.


E foi direto ao comandante da guarnição – “ponha-se no meu lugar. Não estou incomodando ninguém, isso aqui é um deserto, não estou desrespeitando a lei e estou preservando a moral de uma senhora de respeito na sociedade ”. Os guardas riram e resolveram relaxar o fato, dizendo o seguinte – “duas cervejas para um resolve e a gente ainda fica uns trezentos metros atrás do seu carro caso apareça algum inconveniente”.


Em pânico, a senhora quis ir embora. E o filho do figurão – “agora não, seria um desrespeito à polícia e já paguei as cervejas, depois você toma banho de água benta”. Doutra feita, a queixa partiu de um marido e não houve jeito, até porque adultério ainda era crime.


Prenderam o casal, ele um médico de alto prestígio na cidade e levaram para a delegacia. Lá, em seu depoimento, presente o marido da “adúltera”, o médico declara o seguinte – “todo mundo pega a minha mulher e só eu que vou preso?” Nem o marido traído deixou de disfarçar um sorriso.






© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA