Corrupção significa abrir espaços para que o capital capture o Estado e o utilize a seu favor - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

Corrupção significa abrir espaços para que o capital capture o Estado e o utilize a seu favor

16 fevereiro 2016

/ DE OLHO NA MÍDIA

Texto por: Abrahão Crispim Filho


Corrupção significa abrir espaços para que o capital capture o Estado e o utilize a seu favor. É isso que fazem empreiteiras, empresas farmacêuticas, grandes grupos de mídia, etc, etc. A corrupção não é uma chaga porque permite que alguém compre um tríplex. No frigir dos ovos, dado o tamanho do Estado brasileiro, foda-se o tríplex. A corrupção é grave, gravíssima, porque drena recursos públicos para usos não legítimos e sabota as políticas públicas. Nesse sentido específico, os governos petistas não diferem em rigorosamente nada dos tucanos.


E se um governo de esquerda no Brasil não é capaz de combater a captura do Estado pelo grande capital, esse governo não cumpriu seu objetivo, não alterou a histórica correlação de forças e manteve o status quo. A corrupção é apenas um sintoma. Nesse momento, tal governo deixou de representar a luta contra hegemônica dos excluídos porque permitiu que o Estado continuasse sendo usado como instrumento de exclusão.


Ele, então, deixou de ser um governo de esquerda e perdeu sua legitimidade. E precisa ser combatido. Não pelo sintoma da corrupção, apenas. Mas, principalmente porque se tornou um inimigo de classe.







 
© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA