DataFolha: será um erro o PT festejar a pesquisa - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


DataFolha: será um erro o PT festejar a pesquisa

11 abril 2016

/ DE OLHO NA MÍDIA

Texto de Abrahão Crispim Filho


DataFolha


O que a pesquisa do DataFolha mostra? Claro, que Lula não foi eliminado apesar da campanha incansável contra ele. E que os tucanos não são competitivos, em condições normais (o PMDB também não). Mas é certo que, se Marina e Lula forem ao segundo turno, a direita estará toda com ela.


Por isso, a moral da História não é que o PT está forte, mas que o tucanato continua fraco. Nisso é que foi dar o que chamei de síndrome do injustiçado: em vez de fazer uma autocrítica séria, de chamar as bases para discutir em que errou isso depois de perder quatro eleições presidenciais sucessivas, o PSDB preferiu a lamúria.


Passou mais de um ano posando de vitorioso moral, denunciando o estelionato político (que ele já cometera, por sinal) e se deixando levar por movimentos semifascistas. Nem passou por sua cabeça disputar a liderança. Entregou a esses grupos reacionários. E com isso se desgastou. Seu único líder a pensar o futuro neste intervalo, José Serra, ficou nos gabinetes, mas não ganhou a rua, a opinião pública.


E pensou um futuro econômico, não social. Hoje, no Brasil, não dá para pensar um sem o outro (o erro simétrico de muitos esquerdistas é não pensarem a economia). Será um erro o PT festejar a pesquisa, mas será erro igual ou DataFolha em seus resultados.






© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA