O gerente de segurança e o superintendente do Shopping Jardins foram indiciados por homicídio culposo - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot

 

O gerente de segurança e o superintendente do Shopping Jardins foram indiciados por homicídio culposo

26 julho 2016

/ DE OLHO NA MÍDIA
Da redação

O gerente de segurança, Saulo Melo Tavares, e o superintendente Jair Cesar Ramos de Lima, foram indiciados por homicídio culposo e lesão corporal culposa,  em relação à queda da peça metálica que matou a jovem de 21 anos, Cláudia Ticianny Freire dos Santos, e mutilou o jovem Ítalo Ramond Rodrigues Damascena, 21 anos, que teve a perna esmagada, no dia 03 de junho deste ano, no Shopping Jardins, localizado em Aracaju (SE).


Segundo os relatórios, a falta de manutenção na peça, ao longo dos anos, já que o objeto tinha cerca de 20 anos de existência, e a falta de atenção para com os frequentadores dos centro de compras, ocasionou a queda.






© Todos os direitos reservados 2009 - 2020 - D`Anjos Web Service - DE OLHO NA MÍDIA