Projeto Arborizando - DE OLHO NA MÍDIA - Site oficial

Responsive Ad Slot

Projeto Arborizando

18 novembro 2016

/ Unknown

Da redação



Presentear Rio Branco com ar puro, sombra e uma verdejante qualidade de vida


15046362_1442843105743366_571338182_nAltas temperaturas e baixa umidade relativa do ar. Calor abrasador e ar seco. Infelizmente, esse se tornou o clima típico das grandes cidades brasileiras que, nas últimas décadas, vieram perdendo importantes parcelas de sua vegetação natural. Nas ruas, as árvores foram dando lugar ao concreto, ao asfalto e com isso, a vida urbana está mais insólita e o cidadão muito exposto a altos níveis de radiação solar.


Tudo isso, sem contar a poluição frequente do ar gerada pelos escapamentos dos inúmeros automóveis que trafegam sem parar pelas ruas e pelas terríveis queimadas, tão prejudiciais para a atmosfera e para o solo.


O clima urbano sofreu grandes alterações com o processo civilizatório em nosso país. Com a maior parte da vegetação retirada, o asfalto e as construções recebem a energia solar, armazenando todo esse potencial em forma de calor, o que provoca o aumento da temperatura das cidades.


No cenário urbano há falta de bosques, de parques, de jardins e paisagens vegetais, de praças arborizadas e até mesmo há uma carência gritante de árvores e gramados, espalhados pelas calçadas, ruas e avenidas. Nas casas e áreas empresariais, a vegetação também está cada vez mais pobre e ameaçada.


Quem sofre com isso? Numa visão macro, o planeta todo. Numa abordagem local, quem sofre é o cidadão da localidade desmatada. Exposto as vicissitudes do tempo, o ser humano tem sua saúde e sua qualidade de vida diminuída em proporções consideráveis. A carência de água pela evaporação e o uso excessivos; as chuvas cada vez menos frequentes e mais intensas; o ar poluído e não purificado pela falta de ação das plantas; a ausência do sombreamento para descanso e proteção da pele; a diminuição da evapotranspiração que limpa e umidifica o ar, tornando a atmosfera propícia para a formação das chuvas. São essas as graves consequências do desmatamento e da falta de conscientização das pessoas sobre a importância da arborização da paisagem urbana.




[caption id="attachment_14094" align="alignright" width="300"]presentear-rio-branco-com-ar-puro-sombra-e-uma-verdejante-qualidade-de-vida © Fornecido por divulgação / O idealizador do Projeto Arborizando, o Advogado Marco Antônio Palácio Dantas, ao lado do atual Secretário do Meio Ambiente, Edgar de Deus e do chefe da divisão de arborização, Luiz Fernando, num flagrante da visita realizada para o fechamento da parceria com a entidade municipal[/caption]

Preocupados com a qualidade de vida dos habitantes de Rio Branco, os profissionais da Palácio Dantas Advocacia Empresarial iniciaram uma ação ecológica de envolvimento comunitário para recuperar uma importante área verde da cidade: o Pomar da Comunidade Cidade do Povo, próximo a escola Escola Frei Heitor Turrim.


O Projeto Arborizando, idealizado pelo advogado e voluntário Marco Antonio Palácio Dantas, nasceu como um sonho para melhorar os aspectos ambientais da capital, além de envolver os cidadãos no plantio de árvores por toda a cidade. A ação vai iniciar pela recuperação desse Pomar comunitário, destruído por uma recente e criminosa queimada.


A ideia é estimular os moradores daquele bairro a plantarem mudas de diversos tipos de árvores no Pomar da comunidade, principalmente as mais frondosas ou frutíferas. Para motivar o engajamento do público, os idealizadores do projeto irão doar brindes aos moradores da Cidade do Povo que comprovarem o plantio e os cuidados com a muda recém plantada, através de fotos enviadas pelas redes sociais e pela monitoração pessoal dos criadores do projeto.


“Fotografar o ato do plantio no Pomar da Cidade do Povo e depois posar ao lado da muda bem plantada para comprovar a ação. Esse é o início do plano, com a foto que pode ser encaminhada para a nossa página, no Facebook. Em visitas semanais ao Pomar, nós também monitoraremos os plantios realizados pelos moradores, bem como os cuidados que as mudas estão recebendo. Quem conseguir manter a árvore saudável, por dois meses, após o seu plantio, vai ganhar vale compras, como reconhecimento de sua dedicação ao meio ambiente. Com essa simples ação – plantio e cuidado com a muda da(s) árvore(s) - os participantes voluntários poderão comprovar a contribuição para o reflorestamento do local. Todos que colaborarem com o projeto, plantando e cuidando das árvores do pomar, serão premiados com vale-brindes”, explica Marco Antonio, que vai gerir e fiscalizar semanalmente a participação do público.


Para ampliar o resultado do projeto, que prevê o maior plantio possível de árvores no POMAR até o dia 31 de dezembro, a Palácio Dantas Advocacia Empresarial firmou parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que fornecerá gratuitamente as mudas para todos os moradores da comunidade Cidade do Povo que se prontificarem a retirá-las na instituição.


O Projeto Arborizando nasce como um estímulo para adultos e crianças ajudarem no reflorestamento de Rio Branco e para esse valoroso propósito, a primeira ação começa na Cidade do Povo, mas em breve outros locais serão selecionados para o reflorestamento.


Até o último dia da campanha, marcada para finalizar em 31 de dezembro, a expectativa é a de que, pelo menos, uma centena de árvores sejam plantadas no Pomar. O pontapé inicial já aconteceu e o próprio idealizador do projeto, o advogado Marco Antonio, iniciou a temporada, plantando 15 mudas de árvores frutíferas, ao lado de vários jovens e crianças, na área beneficiada da comunidade Cidade do Povo.


Projeto Arborizando


Presentear Rio Branco com ar puro, sombra e uma verdejante qualidade de vida


Projeto Ambiental - Ação Comunitária de Reflorestamento Voluntário do Pomar da Cidade do Povo


(Próximo à escola Escola Frei Heitor Turrim)


Rio Branco – Acre


Iniciativa – Palácio Dantas Advocacia Empresarial


Adesão gratuita e premiações as atividades de plantio bem sucedidas


Todos os moradores da Comunidade Cidade do Povo estão sendo convidados a participar


Informações com o voluntário e idealizador do Projeto – Dr. Marco Antonio Palácio Dantas – (68) 99985-2200.






© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia