Formas de amor - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


Formas de amor

01 outubro 2018

/ DE OLHO NA MÍDIA
Por Oscar D’Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
_________________________


Reprodução
Quer entender um pouco melhor o que é o amor? É uma batalha perdida, sabemos, mas vale a pena, para discutir a questão, assistir ao musical ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812, de Dave Malloy, em exibição em São Paulo, SP, no 033 Rooftop no topo do Teatro Santander.

Temos no enredo deste musical Natasha, uma moça dividida entre três amores. Ela ama Andrey, mas ele está lutando na guerra contra os franceses liderados por Napoleão. Surge então espaço para dois amores: Pierre, um beberrão inteligente romântico, e Anatol, um símbolo sexual que não pode ver um vestido sem seduzir o seu conteúdo.

Entre esses três amores, o ausente, o intelectualizado e o sedutor, a protagonista constrói o seu destino. O enredo é retirado de um trecho de ‘Guerra e Paz’, a épica obra de Tolstói e, como é habitual na literatura russa, o número de personagens e nomes é enlouquecedor e, ao mesmo tempo, fascinante.

As divisões internas de Natasha apontam para as maneiras como enfrentamos as sutilezas do amor. Por um lado, existe a ansiedade daquilo que nos motiva enquanto sonho, e que talvez nunca alcancemos; por outro, o que se pode atingir, com suas qualidades e defeitos; e, finalmente, aquilo que é intensamente prazeroso, mas que traz junto insegurança, sofrimento e dor. Como escolher? É isso que a vida muitas vezes indaga; e que o texto de Tolstói e o musical nele baseado se propõem a discutir.
© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer