A riqueza do Brasil - DE OLHO NA MÍDIA - Site oficial

Responsive Ad Slot

A riqueza do Brasil

11 dezembro 2018

/ DE OLHO NA MÍDIA
Por Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
___________________

Foto © Fornecida por divulgação

A multiplicidade cultural, uma das riquezas do Brasil, se faz presente de numerosas maneiras. Uma delas está na presença pelo país de núcleos de imigrantes que são oásis rurais em meio ao caos das metrópoles. Existem nesses locais resquícios de uma maneira de viver que vai se extinguindo lentamente.

É o caso da Colônia Witmarsum. Localizada no município de Palmeira, PR, a 60 km de Curitiba, é referência na produção de leite e queijos. O nome vem da cidade catarinense de onde saíram os menonitas, um grupo étnico-religioso originário da Alemanha, mas que passou pela Rússia antes de vir para o Brasil.

Os menonitas descendem diretamente do movimento anabatista que surgiu na Europa no século XVI, na mesma época da Reforma Protestante. O nome é derivado do teólogo Menno Simons, que, com seus escritos, articulou e formalizou os ensinos dos anabatistas suíços.

Witmarsum conta hoje com aproximadamente 2 mil habitantes e preserva a língua e a cultura alemãs, além de uma vida em comunidade que busca respeitar as tradições dos ancestrais, como o saudável ensinamento de não tocar em armas e uma culinária que inclui tortas, salsichas alemãs, eisbein (joelho de porco), chucrute e marreco recheado. O local é um passeio e uma aula de religião, história, culinária e, acima de tudo, diversidade!
© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia