O Ministério Público Eleitoral é contra parcelamento de dívida de Jackson Barreto - DE OLHO NA MÍDIA

Responsive Ad Slot


O Ministério Público Eleitoral é contra parcelamento de dívida de Jackson Barreto

04 maio 2019

/ DE OLHO NA MÍDIA
Da redação
Foto © Fornecida por divulgação

O Ministério Público Eleitoral é contra parcelamento de dívida de Jackson Barreto. 
Ele deve R$ 667.673,25 mil reais, em razão de ter as contas da campanha eleitoral de 2014 reprovadas...
O Ministério Público Eleitoral apresentou recurso contra decisão do juiz Joaby Gomes Ferreira de parcelar em 41 anos o valor que a Justiça Eleitoral determinou que Jackson Barreto, ex-governador de Sergipe, deve transferir ao Tesouro Nacional. 
Barreto e o atual governador Belivaldo Chagas, à época vice-governador, devem devolver aos cofres públicos o valor de R$ 667.673,25 em razão de terem as contas da campanha eleitoral de 2014 reprovadas.
No processo, Jackson Barreto solicitou o parcelamento da dívida de forma que cada parcela não ultrapasse o valor equivalente a 5% do total dos seus rendimentos (R$ 26.881,56). Se mantida a decisão do magistrado de autorizar o parcelamento, o pagamento será realizado em 496,75 prestações de R$ 1.344,08. Dessa forma, o ex-governador levaria 41 anos para quitar o débito.
“Só a título de esclarecimento, Jackson Barreto encontra-se atualmente com quase 75 anos, de maneira que para honrar a dívida precisará permanecer vivo até completar um pouco mais de 116 anos”, ressalta a procuradora regional eleitoral Eunice Dantas.
Leia mais na página do MPF.
© Todos os direitos reservados 2009 - 2018 - D`Anjos Web Service - De olho na mídia / Mk Designer